Após a repercussão da possibilidade de paralisação do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) na região devido à falta de recursos do governo federal.
O Prefeito de Timburi Luizão Cabral participou na sexta-feira  de uma reunião com representantes da União dos Municípios da Média Sorocabana – UMMES, para definir quais medidas seriam adotadas para reverter à possibilidade de parar com o atendimento móvel de urgência nos municípios contemplados com o programa.

Desde o início das especulações, Timburi demonstrou interesse em priorizar o atendimento do SAMU, o prefeito Luizão, o vereador Romualdo Pozza e o secretário Adilson Pozza estudaram diversas alternativas para tentar de alguma forma manter o atendimento.

Nesta última reunião eles mencionaram a dificuldade que o município poderia enfrentar com a falta deste serviço tão relevante para a população timburiense. “Agradeço o apoio do vereador Romualdo e através dele os demais vereadores da Câmara por nos ajudar nesta iniciativa.

Quero informar para a população e de modo especial aos servidores do SAMU, que os trabalhos e atendimentos serão mantidos”, afirmou o prefeito Luizão.