O Secretário de Esportes e Lazer, Danilo Ferreira Lima, se reuniu na manhã de terça-feira (26) com representantes de entidades assistenciais para discutir a implantação de um projeto de inclusão idealizado pelo Prefeito Lucas Pocay.

A intenção é incentivar a prática esportiva e campeonatos entre pessoas com deficiência. No próximo dia 17 de outubro, os paratletas de Ourinhos participam de um encontro para elaboração do projeto.

A diretora da APAE, Vera Lúcia de Lima, se diz animada com a proposta. Para ela, essa é uma grande oportunidade de discutir a inclusão social. “Nós não temos a estrutura necessária para que essas pessoas treinem dentro da APAE.

Ter uma parceria com a Prefeitura, onde temos espaço e suporte para que isso seja possível, é um grande avanço e motivo de alegria para nós”, diz. Elisiane Fernandes de Souza, da AADF (Associação de Assistência ao Deficiente Físico), vê o projeto como a realização de um pedido feito há uma década. “Há 10 anos nos lutamos para fazer algo por uma paratleta que é atendida em nossa associação e hoje joga em times de outros municípios.

A consciência da importância da inclusão social é fundamental para que eles se sintam acolhidos e possam ser grandes revelações de nossa cidade. Isso é muito importante para eles”, afirma. A paratleta ourinhense Thaís Aparecida de Godoy, considerada a 6a melhor do Brasil no arremesso de disco, lançamento de dardo e peso, participou da reunião e aprovou iniciativa. Nós temos a necessidade de um local para treinar.

Sendo paratleta, a necessidade é ainda maior. Este projeto vem de fato ao encontro do que nós precisamos. Porque sonhamos com o nosso crescimento no esporte e com uma administração que entenda essa nossa necessidade”, fala.